sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Um caso perdido


         Oi gente, venho contar a vocês sobre o primeiro livro que sorteei no TBR Jar, eu terminei de ler ele dia 11 de janeiro e vou contar um pouco sobre o que achei.



 Livro : Um caso perdido
 Autora: Colleen Hoover
 Gênero: New Adult/ Drama
 Editora: Galera
 Páginas: 381

          Sinopse:

 Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras...

Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.



Resenha: 

    Vou começar falando sobre a minha avaliação, minha nota ficou entre 3,5 a 4 estrelas. Quando tirei esse livro no sorteio da TBR Jar fiquei feliz devido os comentários bons que havia lido /ouvido, no entanto quando o comprei no ano passado foi uma compra de "arriscar", não era um livro que queria muito e tudo mais. Só que peguei esse livro pra ler no dia 05/01 e terminei no domingo(11/01). Eu gostei da história. Em primeiro lugar é uma trama intensa, com o passar das páginas você vai descobrindo coisas complicadas e que vai se encaixando com o início, o que deixa a história muito interessante.Os personagens (Casal) tem uma ligação muito forte e complicada.
    A escrita da autora é boa, não é nada difícil de entender, tem uma linguagem "leve", o decorrer da história faz sentido e o final foi legal. 
   Mas o que eu não gostei da história:

      Vi muitas classificação desse livro como New Adult, e no início a personagem principal ( que narra a história) parece mais jovem do que algo parecido com o adulto(só na metade do livro pra frente que fica algo mais pesado) e tem certas partes do livro que achei forçado, achei que poderiam ter deixado certas decisões para um outro momento que não fosse aquele momento atordoado que esses determinados personagens estavam passando.

      Mas eu indico com certeza, é um livro bom de se ler, eu não consegui ler ele rápido devido sua intensidade, as vezes me pegava na dúvida se parava de ler e pensava em tudo que aconteceu ou continuava lendo e descobrindo mais coisas.