quinta-feira, 28 de maio de 2015

Bruxa da Noite

Oláá meus leitores queridos.
Tudo bem com vocês?
Tô feliz por ter lido meu primeiro livro da Nora Roberts, já havia ouvido muita gente comentar o quanto ela é sensacional, mas nunca tinha lido.
Em parceria com a Arqueiro, vos trago mais uma resenha.





Título: Bruxa da Noite
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Paginas: 320

Sinopse: Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda.

Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar.

Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.

Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.
Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.


Nora Roberts



Tudo começa em 1263 com Sorsha a Bruxa da Noite. Cobhan um Bruxo Negro, deseja Sorsha e seu poder e faz o que lhe parece necessário para tê-la. Antes que algo lhe aconteça, Sorsha divide seus poderes entre os três filhos. Brannaugh, Eamon e Teagan.
Séculos depois Iona, uma das descendentes da Bruxa da Noite vai para a Irlanda em busca de suas raízes, e encontra Branna e Connor, seus primos. 
Mesmo estando a pouco tempo na Irlanda, ela se sente bem-vinda, acolhida por sua família, tudo parece se encaixar.
Iona é descendente de Teagan, e assim como ela, é apaixonada por cavalos.
Cada um dos filhos de Sorsha tinha um animal o qual tinham uma ligação, Teagan o cavalo Alastar, Eamon o falcão Roibeard e Brannaugh o cachorro Kathel. E com Branna e Connor não é diferente. 
A Bruxa da Noite se sacrifica para salvar os filhos ao "matar" Cobhan. Mas algo dele restou com seu poder e agora está despertando. 
O que fazer? Iona ainda não controla seus poderes herdados da Bruxa da Noite. 
Esse momento que fico aflita devorando o livro para saber o que acontece. Para saber como as coisas vão acontecer. Iona ainda se apaixona, algo que vai ajuda-la ou irá distraí-la? 
Dá Trilogia Primos O'Dwyer, feita por Nora Roberts, estou roendo as unhas esperando a continuação. Ohhh, espero que tenha ficado curiosa(o)... Mwah!


Bom, espero que gostem, e deem uma chance. Comentem o que acham do livro.
Let's talk.